Kpop, News, Panorama

Panorama AYO GG | Spica

Como vocês vão nessa onda de frio que tá congelando até o Rio de Janeiro? Eu por enquanto não vou nada bem e quem está aqui digitando é só meu espírito depois de tomar bastante antialérgico. Mas tudo bem, vamos para o que interessa: hoje vamos rever a imensa discografia do Spica! Nem precisa se sentar, as coitadas aqui em 5 anos de carreira lançaram 2 álbuns e 1 repack, só. Sei de poucos que conhecem o grupo, talvez só a bolha pré-histórica que ama um grupo da 2nd Gen (para reclamar de como os jovens não ouvem mais música de qualidade). Ou talvez a turminha que ama adotar grupos de muquifo que comem o pão que o diabo amassou e são disbandados há séculos — nada diferente da realidade do Spica. A B2M não era lá aquelas coisas em administração, vendiam bem malzinho e nunca davam sorte nas poucas oportunidades que ganhavam, ainda que a Lee Hyori vendesse até a alma para continuar investindo no grupo. Quer um bom exemplo? A Jiwon conseguiu um destaque no primeiro episódio do The Unit (aquele Produce só com artista já debutado e flopado) por passar com aprovação máxima cantando Tonight ao vivo, armada só com o gogó e puro carisma. A gatona chegou a entrar na line-up do Uni.T, lançaram No More e o grupo simplesmente morreu. Simplesmente. Morreu. Esse aí só perde para o X1 como disband mais injusto da história. Apesar de estar reclamando bastante, felizmente isso não tange a discografia delas, porque essa aí é realmente um grande achado dos grupos que cismei de fazer review. Enfim, chega de drama e vamos dar uma olhada no que temos aqui.

Antes de ler:

  • É uma review de toda discografia (focada nas bsides), mas no fim do post tem um resumo chamado “Hora do Veredito”;
  • São NADA profissionais, 100% opinião minha, até porque não entendo a fundo de música. O quesito é basicamente “ouviria mais vezes ou não é meu estilo de música?”;
  • Não conto com singles, álbuns japoneses, remixes, covers, osts, units e etc. Apenas álbuns e minis coreanos;
  • Fique a vontade para sugerir mais artistas!

Quem é Spica?

SPICA é um grupo de 5 membros (BoA, Sihyun, Narae, Jiwon, e Bohyung) da empresa B2M Ent. Elas debutaram em 9 de Fevereiro de 2012 e anunciaram o disband dia 6 de Fevereiro de 2017.


Russian Roulette (2012)

Nota: 8,5/10

Esse mini é A CARA DA SEGUNDA GERAÇÃO (óbvio, foi lançado na 2nd Gen, mas vocês me entenderam). É perfeito para quem quer conhecer a sonoridade de girlgroups mais antigos, porque aqui elas captam todas as nuances dos grupos da segunda geração. Ele é bem cheio de atitude nas músicas com pegada Dance Pop e R&B, e foi bastante elogiado por ir contra a dualidade que todo rookie da época caía: ou debuta com white-aegyo, ou com uma música bem onomatopéica e robotizada. Os vocais são PERFEITOS e você vê pelo MV de Russian Roulette que não é só a main vocal que canta bem, até a main rapper entra bem na harmonia e arrisca umas notas altas. Talvez só duas músicas eu não ouviria por não fazer meu estilo, mas todas tem uma boa qualidade para a época a ponto de eu gostar até da ballad Diary.

Músicas Favoritas: Doggedly e Fire

Painkiller (2012)

Nota: 7,5/10

Não tenho muito o que falar desse mini, já que é um repack do Russian Roulette e a única música nova é a title Painkiller. Mas como só tem ela, vamos encher a boca para falar que FICOU MUITO BOA. Das músicas do Spica, de longe essa tem o melhor instrumental. Dá para ouvir sozinho por horas sem enjoar e ainda parece trilha sonora de filme de espião. Agregou bastante ao álbum que já estava bom. Porém eu gostaria que tivesse pelo menos mais uma bside para me deixar feliz…

Músicas Favoritas: Painkiller (oh, que surpresa)

Lonely (2012)

Nota: 8/10

Estranhamente achei esse álbum mais genérico que o anterior, não sei explicar. Ele não deixa de ser bom e de ter as características principais delas: instrumentais marcantes e um vocal de atitude tomando protagonismo da música. Em Lonely, eu realmente senti que as bsides se sobressaíram mais que a title (ainda mais por não gostar tanto dela). E aqui em casa, a title é With You. Enfim, eu AMEI todas as bsides, ouvi todas no repeat sem enjoar, até mesmo a música mais lenta, Since You’re Out Of My Life (que é o suco do R&B dos anos 2000, faz lembrar Say My Name das Destiny Child). Enfim, isso aqui é muito bom.

Músicas Favoritas: With You e That Night


HORA DO VEREDITO

EU QUERO MAIS MÚSICAS DO SPICA. Só isso mesmo. Queria que elas tivessem mais álbuns, mais minis, mais b-sides para eu ouvir. Os singles delas também não ficam muito para trás, todos que acabei ouvindo são muito bons (recomendo: Tonight e I’ll Be There). Os vocais… Ah, os vocais. Perfeitos do início ao fim. Acho que a indústria não foi muito bondosa com o SPICA e, sinceramente, se elas tivessem uma boa administração, poderiam ter uma longevidade melhor. Não digo nem em questão de um revival, mas ao menos serem lembradas com mais carinho nas gerações seguintes. Enfim, bom do início ao fim, qualidade consistente com vocais impecáveis e raps bons para um grupo focado no vocal. Ouvi até as ballads e me tornei uma viúva do grupo. É uma ótima pedida para quem ama grupos da segunda geração, ou gostaria de conhecer melhor.

OVERALL

Nota: 24 ÷ 3 = 8

O overall é a soma das notas da review dividida pelo total de álbuns do artista.

TOP 3 – Álbuns/Minis

  1. Russian Roulette
  2. Lonely
  3. Painkiller

TOP 5 – B-Sides

  1. With You
  2. Doggedly
  3. That Night
  4. Fire
  5. Since You’re Out Of My Life

4 comentários em “Panorama AYO GG | Spica”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s