Como a Hyoyeon se viu metida na polêmica do Burning Sun do dia para a noite?

Quero começar o post com uma pergunta: vocês se lembram do caso Burning Sun? Considerado o maior escândalo sexual da história do kpop, Burning Sun era uma boate cuja sociedade administrativa contava com o nome de Lee Seunghyun, ou Seungri, ex-integrante do grupo BIG BANG.

Pra fazer esse post, eu contei com a ajuda da linha do tempo publicada pela Revista Koreain, confiram lá também se quiserem ver tudo com mais detalhes. Também já aviso que o caso tem muitas partes que podem servir de gatilho para algumas pessoas; tome cuidado ao prosseguir.

Enfim, tudo começou no dia 28 de janeiro de 2018, quando um homem chamado Kim Sangkyo alegou ter sido espancado pelos seguranças e um dos diretores da Burning Sun por defender uma mulher que estava sendo abusada sexualmente lá dentro. Após as denúncias e prisão decretada ao acusador, levantou-se o boato do envolvimento do Seungri.

A Burning Sun soltou uma nota no dia seguinte afirmando que os envolvidos já haviam sido demitidos, ao mesmo tempo que um vídeo de uma moça sendo arrastada começou a circular nas redes. Logo a boate fez questão de se defender, afirmando que a mulher nas filmagens estava causando tumulto nas dependências.

Logo depois, o CEO da YG, o famoso velho da YG, apareceu defendendo o Seungri de todos os (até então) boatos (o que não ajuda muito se você conhece o histórico do Yang), informando que ele já não fazia mais parte da Burning Sun por conta da proximidade da data do seu alistamento militar. O Seungri também acabou lançando seu próprio comunicado, dizendo que não estava presente no momento da “confusão”.

A primeira reviravolta do caso foi quando a moça das filmagens acusou o próprio Sangkyo de assédio, e as imagens das câmeras provavam essa declaração. Guardem isso.

Dali em diante, a investigação tomou corpo: teve confisco de filmagens e documentos que denunciavam uso de drogas, crimes sexuais e corrupção policial. Também foi o momento em que o Seungri passou de mero ex-promoter da Burning Sun para suspeito junto com outros executivos, culminando no fechamento da boate.

Já no final de fevereiro, a SBS funE revelou conversas no KakaoTalk a respeito de serviços sexuais e prostituição. Seungri teve seu nome novamente ligado ao escândalo por financiar esses serviços. Outros nomes famosos acabaram sendo mencionados como participantes do chat, que depois se revelaram ser Jonghoon do FT Island, Junghyun do Highlight e Jonghyun do CNBlue, além do Joonyoung do Drug Restaurant.

N/A: Eu não sei porque tem tanto nome parecido nessa investigação. Pra mim, parece ter sido de propósito.

Até agora, estamos em março de 2018 quando rolaram os depoimentos, descarte de alguns nomes antes divulgados e a prisão do Joonyoung. O Seungri negou todas as acusações, usando o fato de ser algo antigo e que existia a possibilidade de serem mensagens fabricadas. Mais dois suspeitos aparecem, Eddy Kim e Roy Kim, que acabaram admitindo suas participações no crime junto ao Jonghoon que havia sido descartado antes.

Mais pra frente, em maio, a polícia divulgou que Sangkyo foi acusado de agredir três mulheres e dificultar as investigações do caso, crime conhecido como obstrução de justiça. Guardem isso também.

Nesse meio tempo, Seungri foi fichado, teve a prisão decretada, depois voltaram atrás, os envolvidos no crime foram expulsos de seus respectivos grupos e trabalhos na mídia coreana. Seungri passou a responder por sete processos: prostituição, peculato, suborno, jogo ilegal, lavagem de dinheiro, violação de ordens sanitárias e vazamento de fotos íntimas.

Enquanto a investigação corria na justiça, com novos depoimentos e confissões de crimes, foi anunciado que Seungri serviria o período militar obrigatório, o que foi muito criticado por todo mundo que acompanhava o desenrolar do caso já que isso atrasaria novamente os mandados de prisão dele.

Já a respeito do Sangkyo, que havia sido acusado de agressão lá atrás, foi divulgado que 12 dos 40 policiais envolvidos nos processos pelos quais ele respondia foram “punidos” (ou seja, afastados do cargo ou receberam suborno), e as acusações contra ele acabaram ficando por isso mesmo. Guardem essa informação.

Bom, fiz um resumão sobre o caso e vocês me perguntam: “Ok Rafaella, eu acompanhei tudo isso na época, onde você quer chegar?”. Na Hyoyeon, já que o Sangkyo ressurgiu do nada botando o nome dela no meio. A DJ estava presente no dia em que tudo aconteceu porque havia sido convidada para tocar no evento.

Sangkyo postou uma foto da Hyoyeon na Burning Sun com uma legenda dúbia, dizendo o seguinte:

Quem era a atriz de alto escalão que estava tão drogada naquela noite que fez com que os policiais fossem barrados da boate? Hyoyeon, você deve ter visto quem eram os clientes VIP naquela noite, e o homem que estava drogado quando me espancou lá dentro, certo? Você sabe que aquele cara era amigo do Seungri.

Já está na hora de você confessar. Não vai demorar muito até isso acontecer. Se as identidades das inúmeras celebridades envolvidas com a Burning Sun serão reveladas contra a sua vontade, ou se você vai cooperar… Isso depende de você.

Por que eu pedi pra vocês guardarem as três informações a respeito do Sangkyo? Porque esse cara tá tão envolvido quanto o restante dos acusados. Ele se colocou à frente de tudo lá no comecinho de 2018 alegando ter sido espancado por ter ajudado uma moça dentro da boate, e aí essa mesma moça acusa o próprio de abuso. Depois surgem outras denúncias contra ele e policiais são afastados do caso do nada. A gente realmente deveria acreditar na palavra de um cara desses?

A SM não demorou muito a se pronunciar a respeito desse post sem mencionar o nome do Sangkyo ou quaisquer outros dados da investigação, dizendo que:

Hyoyeon apenas performou naquela noite porque havia sido convidada para ser DJ no evento e ela não tem nenhuma relação com essa postagem. Pedimos para que as pessoas se abstenham dessas especulações e mal-entendidos.

Já a própria Hyoyeon também botou a boca no balão (e com razão) sobre ter seu nome atribuído a um escândalo tão nojento quanto esse. A DJ postou uma declaração com seu jeitinho doce feito um coice de égua a respeito disso na sua conta pessoal do Instagram, usando exatamente a mesma foto na Burning Sun que o Sangkyo usou.

Peraí! Se acalmem! Vocês acham que eu fiquei quieta por não estar muito ativa, mas eu tenho trabalhado muito. Eu cumprimentei algumas pessoas, tomei alguns drinks com os meus amigos que vieram me parabenizar pela minha performance, assim como o pessoal da staff, porque eu estava feliz naquele momento, eu comi barriga de porco com eles e depois fui pra casa! Acho que eu até vi um pessoal se pegando na boate, mas não vi nenhum ator, atriz, gato ou cachorro lá. Tolerei esses militantes da internet até agora, porque a partir de hoje vou punir todo mundo.

E também vou deletar isso aqui amanhã, mas não porque estou assustada. Não é o que dizem? Se você não se pronuncia, pensam que você tá levando tudo numa boa. Então! Feliz ano novo pra todo mundo, e tenham uma vida longa e saudável.

Pra quem acompanha o Girls Generation, sabe que a Hyoyeon é bocuda assim mesmo, e eu acredito que ela tenha feito essa declaração da forma mais sincera possível, porque imagina só você acorda um dia e vê seu nome ligado a um escândalo sexual porque um doido cheio de processo nas costas lembrou que você tocou lá na noite do crime e menciona seu nome pelo buzz?

A Hyoyeon tem algumas fotos com o Seungri, já que os dois grupos debutaram mais ou menos na mesma época e acabaram dividindo muitos stages juntos. Talvez eles fossem amigos antes disso tudo, ninguém vai saber se eram tão amigos a ponto de a Hyoyeon saber dessa vida dupla do Seungri, mas eu duvido muito. E se soubesse, os idols são humanos atrás das câmeras, eu acredito que ela tenha dado uma surra nele, sei lá.

Por enquanto, eu defendo a Hyoyeon porque o acusador também tem vida dupla e é um agressor de mulheres, e normalmente eu prefiro não dar espaço pra quem faz esse tipo de coisa. Pau no cu do Sangkyo e pau no cu do Seungri. Vamos acompanhar os próximos pronunciamentos, se existirem.

Se você usa twitter, existem algumas contas que estão limpando os searches da Hyoyeon pesquisando coisas positivas a respeito dela. Vou deixar um desses posts aqui embaixo para quem quiser fazer parte disso.

Qual a sua opinião sobre isso tudo? Deixa nos comentários!

Autor: Rafa

26 anos, de São Paulo e ativa nessa vida de pop asiático há mais tempo do que eu gostaria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s