Xepa AYO GG | Lançamentos que não deram tempo de comentar

E aí, gente? Tudo bem com vocês? Então, eu basicamente esqueci que eu tinha uma vida pra viver e passei o domingo inteiro afundada no sofá por conta de um trabalho da faculdade que me sugou nos últimos dias (sério, eu devo ter levantado umas três vezes hoje). Com isso, esqueci que eu tinha um blog pra cuidar. Agora são quase 23h30 e eu tenho um monte de músicas pra falar sobre. Desespero. 

Vou tentar comentar as músicas bem rápido. Prometo que isso não vai acontecer de novo.

Hot Issue – Icons

Eu já sabia que essa ia ser horrível. Não pesa tanto no julgamento por ser o primeiro comeback, mas lá no debut eu cantei a bola: com esse direcionamento péssimo, o Hot Issue vai ser um problema.

CL – Lover Like Me

Só a CL pra me fazer gostar de uma música dessas. É tão simples e parece que não vai pra lugar nenhum (principalmente com esse refrão meio dropado e cafona), mas a mamãe segura o conceito muito bem. Foi a primeira vez desde o retorno da CL que eu fiquei ansiosa pelo ALPHA.

Luna – Madonna

Ai, Luna… Tinha tudo pra ser icônica (o refrão promete horrores), mas o resultado geral ficou tão sem graça. Não gostei nadinha dos ganchos distorcidos e dos versos. Nem parece que pariu a revolucionária Free Somebody. 

PIXY – Addicted

Se a gente for comparar o PIXY que lançou a sofrível Wings no começo do ano com essa daqui, nem parece o mesmo grupo. Addicted tá maravilhosa, em alguns momentos me lembrou do Dreamcatcher, mas o drop eletrônico obscuro do refrão elevou a música a outros patamares. E o MV então, lindíssimo! Elas podiam ter segurado essa pra mais perto do Halloween, mas valeu.

Jo Yuri – Glassy

Desinteressante.  

CRAXY – Gaia

Não sabia que as nugus estavam apostando numa nova derivação de sonoridade: a do ITZY. E isso não é bom.

YUKIKA – Tokyo Lights

Só o amor da minha vida dando uma passadinha no seu país natal pra dizer que patenteou o city pop. Tudo pra mim.

AKB48 – Ne mo Ha mo Rumor

E o AKB48 lançando seu melhor single desde High Tension, hein? 

Miliyah Kato – Devil Kiss

A abertura do anime do shamisen ainda é um hitão na minha playlist, mas essa daqui também é boa. 

DAOKO – groggy ghost (ft. TARR)

A gata lembrou que é a rapper doida por azul e lançou essa delicinha aí. Não tem o nível de loucura do anima (aliás, é bem diferente), mas eu gostei bastante.

Acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Youtube

Se você gosta muito do AYO GG e quiser transferir uns trocados pelo Pix, utilize a chave rafaellasolla@hotmail.com.

Autor: Rafa

26 anos, de São Paulo e ativa nessa vida de pop asiático há mais tempo do que eu gostaria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s