Kpop, News

Alive mostra que o LIGHTSUM está num eterno pré-debut e que a Cube virou uma espelunca qualquer

Não é surpresa que absolutamente ninguém sabe o que é um LIGHTSUM, afinal a empresa que gerencia essas coitadas tá numa situação de penúria. Mas tudo bem, se não fazem o trabalho deles, eu, uma blogueira brasileira talvez tão relevante quanto a Cube, te explico: LIGHTSUM é o girlgroup mais recente do catálogo, e um dos inúmeros motivos pelo qual o CLC disbandou recentemente (o que já era esperado desde, sei lá, 2016). E hoje elas lançaram um comeback.

Com o primeiro EP da curta carreira das meninas, Alive é a primeira notícia delas desde o final do ano passado, já que a Cube fez o favor de sumir com o grupo depois que as promoções do single anterior acabaram. E, de certa forma, eu fiquei interessada em ver como elas iriam se virar com mais músicas (além de ser, curiosamente, o primeiro grupo feminino da Cube que não estreia logo de cara com um mini álbum). 

Enfim, muitos aspectos a serem analisados no lançamento abaixo.

A sensação que o LIGHTSUM me passa é de que a Cube parece atrasada em tudo. Começando pela própria estrutura do grupo, numa época onde as empresas apostam no compacto, vem a Cube e mete logo oito meninas. Depois vêm as escolhas questionáveis de produção, seja musical ou artística. O LIGHTSUM debutou com um teen crush que, apesar de divertido, ficou datado depois de duas semanas; aí teve a demo roubada do IZ*ONE pra fazer justiça com a Chowon, que ficou em 13º no Produce 48, meses depois do próprio IZ*ONE cantar pra subir. E agora, temos isso que… Sei lá, só parece mofado.

Mas, ao mesmo tempo, é muito estranho ver que a Cube, empresa que abrigou o revolucionário 4Minute (que funcionava muito bem no começo da década passada) e fez o nome da Hyuna, uma das maiores personalidades do pop coreano, pena em fazer do seu grupo novo uma… Novidade, por mais redundante que isso soe. Parece que é sempre um jogo de azar, apostando baixo em tudo e ver se, por algum motivo, dá certo, e isso me lembra muito a trajetória do CLC como um todo, pingando de conceito em conceito até ter a própria Hyuna se metendo nas produções e finalmente encontrando um caminho pras pobres. 

Alive é propositalmente bagunçada, uma coisa que tem se tornado cada vez mais comum nesses grupos mais novos. E, surpreendentemente, elas servem bem o que foi dado. Dá pra ter momentos legais com a música sem pensar muito nos vocais estridentes ou sobre como você já deve ter escutado outras milhares dessa por aí. Caindo na real, a faixa chega a ser irritante em qualquer proposta que a gente tente encaixar: como comeback, como debut, até como pré-debut, que é a sensação que o LIGHTSUM me passa desde a estreia. 

Meio deprimente ver que a Cube, robusta na época do 4Minute e Hyunão, virou sinônimo de grupos mal administrados, mesmo aqueles que ainda nem largaram as fraldas, como o LIGHTSUM. E o pior é que Alive tem potencial, mas tudo foi feito de maneira tão porca que nem tem como levar a sério e botar essas meninas pra competir com outros atos verdadeiramente fortes dessa nova geração. E sim, a Cube sempre teve seus problemas, só que parece tudo tão evidente hoje que dá uma certa tristeza. É como um parque de diversões que vai perdendo seu público aos poucos, com brinquedos enferrujados e esquecidos no tempo. Reage, LIGHTSUM, chama a Soyeon pra jogo. 

Escute também: i

Eu lembro de ter visto o highlight medley desse EP, mas não faço a menor ideia do que eu achei além de estar curiosa mesmo em ver o grupo apresentando mais do que um single. E, bom, esse primeiro trabalho delas é razoável. Têm músicas aqui que quebram um galho até pras blogueiras mais exigentes, tipo i (sim, o nome da faixa é esse), que é um house bem genérico e tão agudo quanto a title. Só que, pra ser sincera, esses vocais esganiçados me deixaram com um pouco de dor de cabeça e estragaram boa parte da tracklist, que parecia promissora, principalmente com essa daqui, e os momentos mais legais dela são quando as meninas não estão cantando (rs). Então, boa sorte pra quem for ouvir. 

Acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Youtube

Se você gosta muito do AYO GG e quiser transferir uns trocados pelo Pix, utilize a chave rafaellasolla@hotmail.com.

3 comentários em “Alive mostra que o LIGHTSUM está num eterno pré-debut e que a Cube virou uma espelunca qualquer”

  1. Só consigo pensar que a Soyeon será para o LightSum o que HyunA foi para CLC, e isso acaba se tornando um ciclo cansativo. Okay, as meninas já estão em um teen crush que, com um comeback decente, faz uma transição boa para o GirlCrush/GirlPower (Só que a CUBE não pensa, capaz de esperar mais 2 comebacks em teen e tacar um Hobgoblin 2.0 com nome de algum dorama famoso do mês e o caos torar para cima delas)

    E deixa eu ficar quieto e guardar minhas melhores opiniões para a pauta solo delas.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nossa eu acho que a CUBE se perdeu muito, tava vendo uma notícia de que a Soyeon tava comandando o próximo álbum do GIDLE, com uma temática da Marilyn Monroe, ela tem 23 anos, pra *mim* os empresários da CUBE se perderam demais e não sabem mais o que fazer, eles ficaram atrasados na Terceira Geração, o Lishtsum parece muito nugu, não é grupo que eu vejo ser da própria Cube 😦

    E isso de sumir com o grupo é muito ruim, o IVE mal debutou e fez outro comeback, sinto que hoje em dias os grupos de k-pop precisam ser igual a Ariana Grande (desculpa a comparação kka) lançando conteúdo em pouco tempo, investindo no tiktok (as garotas do ive e le sserafim tão sempre ativas lá, eu NUNCA VI o lightsum na minha FOR YOU) e a starship deu até aulas de selfie e tiktok pras amigas da wonyoung.

    E também a coreografia, agora na 4° geração as danças no chão estão muito famosas, pensei que ia ter uma parte no chão que nem o MNIXX, LE SSEFARIM e IVE, e recebi nada disso 🤡 aí também não tem como defender, a cube não fez simplesmente NADA do que está dando certo nos ggs atuais, seja os instrumentais horríveis, seja os grupos com poucas integrantes, seja com a coreografia da música 🤡

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s