Revisita AYO GG | 9 de fevereiro de 2011

Revisita é uma seção do AYO GG dedicada a falar dos lançamentos de dez anos atrás pra gente se dar conta do tempo que passou, escutar uma música e falar “Já faz tudo isso???? Jesus, como eu to velho…” mesmo tendo 20 e poucos anos.

Estamos em 2021 e eu me dei conta de como seria legal colocar algo mais retrô no site, afinal, o ano de 2011 está mais longínquo do que nunca. O que você estava fazendo neste exato momento daquele ano? Eu tinha meus quinze aninhos e admitia pra mim mesma que eu amava jpop, por exemplo.

Mas em questão de lançamentos femininos na Ásia, o que será que rolou lá pra trás na data de hoje?

SCANDAL – Pride

A história do SCANDAL se mistura muito com a minha própria história de adolescente aficionada por anime e tudo que esse universo podia me oferecer. Nesse pacote, incluem-se as chamadas anisongs, que são músicas que fazem parte da trilha sonora de algum anime, que podem ser ou não cantadas por dubladores ou que podem ou não contar uma história relativa a este.

O ano de 2011 para o SCANDAL abriu com a música Pride, que faz parte de uma saga de lançamentos da banda que tem como tema principal meninas colegiais que não são meninas colegiais comuns (muito do que K-ON!! fazia na mesma época em forma de anime). O PV é muito mais do que o SCANDAL estava acostumado, com jogos de guitarras em um estúdio servindo muitos takes de carões de todas as integrantes da banda e saias esvoaçantes, mas que eu amo de paixão. 

Pride, brilhantemente escrita pela baixista Tomomi, é uma música que ensina seu ouvinte a carregar seu próprio orgulho, o que também é bem comum do SCANDAL na maioria de seus hits que posteriormente foram aberturas ou encerramentos de shounens, mas é uma música bem bonita, emocionante e alto astral, cujo arranjo também cumpre esse papel de levar emoção para quem ouve. As linhas de baixo e guitarras rasgadas, misturadas ao vocal rouco da vocalista Haruna, são o grito de guerra capaz de despertar qualquer gigante adormecido que exista dentro de cada um de nós.

Eu vi o SCANDAL nascer, tomar forma dentro do seu tão conhecido conceito colegial e mudar completamente quando a hora pra tal chegou. E Pride é essa canção poderosa e cheia de melancolia que muita banda masculina no Japão gostaria de ter performado tão bem quanto essas quatro garotas de Osaka que talvez nunca tivessem previsto o sucesso bater na porta tão pouco tempo depois da formação da banda. Hoje, olhando pra trás, o SCANDAL talvez tenha muito orgulho de ter sua própria história contada em uma música. 

Autor: Rafa

26 anos, de São Paulo e ativa nessa vida de pop asiático há mais tempo do que eu gostaria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s