Jpop, Kpop, News

Xepa AYO GG | Lançamentos que não deram tempo de comentar

Ai, queridas… A vida de dona de casa não tá fácil e eu não faço a menor ideia do que rolou no pop asiático nessas últimas duas semanas, por isso os posts da Xepa e possíveis casos de abandono do blog ainda vão ser muito comuns. Quer dizer, menos no dia do comeback do LE SSERAFIM, pelo qual eu to extremamente hypada e faço questão de largar todas as tarefas domésticas só pra comentar. 

Enfim, vamos ver quais estripulias rolaram no mundinho musical da Ásia.

Choi Yoojung – Sunflower

Pelo que eu percebi, a menina do Weki Meki debutou solo e só se falou em outra coisa, assim como acontece quando o próprio Weki Meki lança algo. Pois é, Sunflower não é muito digna de nota mesmo. 

Sorn – Nirvana Girl (ft. Yeeun)

Não sei se dá pra considerar a Sorn como kpop ainda, mas é impressionante que o CLC não consegue deixar nenhum legado mesmo com o grupo se esfarelando da Cube. Nem a canetada da Yeeun salva.

mimiirose – Rose

Como de costume, o after desses reality shows coreanos são as nugas cada vez mais nugas conforme o tempo vai passando. Esse daqui, por exemplo, é um excelente exemplo: a música atira pra todos os lados e consegue ser ridiculamente divertida, e a empresa, por algum motivo, lançou só METADE do MV. Sério, nuguzagem at its finest. 

MAKAMAKA – I Am

Já o MAKAMAKA consegue aproveitar todo o orçamento de pão com mortadela e entregar o verdadeiro entretenimento. As monas passaram um ano sumidas juntando dinheiro pra esse momento e venceram demais. I Am é uma delícia quirky que o ITZY jamais poderia lançar. 

Lapillus – GRATATA

Não consigo entender que dívida de jogo foi essa que Shana Nonaka se meteu depois do Girls Planet 999. Essa garota saiu do Japão, fez uma cirurgia pra diminuir as bochechas lindas que ela tinha pra ser uma derivação do TRI.BE que, por si só, é uma derivação de outros 500 grupos coreanos que surgiram entre 2016 e os dias atuais. Tão ruim que a minha nota é dó.

Kep1er – Sugar Rush

Já o Kep1er é tão amaldiçoado que elas conseguiram fazer com que as músicas do Universe soassem ruins. Dói fisicamente, e muito, ver a Yujin tentando se encaixar ao máximo no conceito e falhando de forma miserável. Pelo menos a Bahiyyih tá lindíssima, uma madama. 

LiSA – New Me

Eu fiquei me perguntando por um tempo como a LiSA lidou com a traição do ex-marido dela vindo à tona pelo maior portal de fofocas do Japão, e acho que New Me é a minha resposta. A música tem uma energia muito boa mesmo sem a gente saber a tradução. 

BAND-MAID – influencer

Tenho uma opinião sobre o BAND-MAID que não vou emitir tão cedo, mas esse deve ser o primeiro single delas que eu simpatizo de alguma forma.

Chanmina – Don’t Go (ft. ASH ISLAND)

Que linda música, mamãe!!!!!!!!!!!!! Finalmente essa senhora me surpreendeu, a mistura de trap com retrô oitentista ficou maravilhosa (por mais estranho que isso possa soar) e vale demais a escuta. 

Acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Youtube

Se você gosta muito do AYO GG e quiser transferir uns trocados pelo Pix, utilize a chave rafaellasolla@hotmail.com.

3 comentários em “Xepa AYO GG | Lançamentos que não deram tempo de comentar”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s