Hoje é meu aniversário: nada mais justo que comentar sobre o debut da Somi

Sim! O post especial que eu prometi ontem era sobre o meu aniversário, e eu sei que no fim das contas não interessa pra ninguém, mas sendo essa minha primeira primavera com o blog, eu queria fazer um negócio mais significativo. “Comentando uma música ruim dessas, Rafaella?”, exatamente! Querem coisa melhor do que fingir ser uma novinha que comemora a vida todos os dias como se fosse um aniversário? 

Pra falar de Birthday, eu consultei a opinião de especialistas muito renomados como o Dougie, o Lunei, o Wendell, e outros da blogosfera, mais pra entender como foi a receptividade dessa música na época. Pelo que eu vi, foram coisas muito mistas e eu concordo com basicamente tudo, mas quero trazer a minha visão sobre essa farofinha da Somi que rendeu uma sucessão de atrasos, fazendo com que o sonho do debut quase morresse na praia (de novo).

Como sempre, antes de dizer alguma coisa, vamos dar uma olhadinha no MV.

Acho que pra entender Birthday, a gente tem que relembrar a trajetória da Somi enquanto inserida na sociedade coreana. Sendo filha de pai canadense, ela sofreu bullying nos seus primeiros anos de colégio. Aos 12, apareceu em um especial de fim de ano da KBS e, no ano seguinte, se juntou a JYPE performando Lonely, do 2NE1. Ela foi cotada pra line-up do próximo grupo da empresa na época, mas com a saída de uma integrante, o JYP acabou optando pelo menos sensato: juntar todas as trainees femininas da empresa pra formar o SIXTEEN, programa que daria origem ao TWICE. A história mostrou que a Somi foi barrada na rodada final. 

Já em 2016, ela participou como a única representante da JYPE na primeira temporada do Produce, conquistando o primeiro lugar e atuando como a center do IOI. O grupo morreu meses depois por conta do contrato e, por conta da Somi ainda ser bem nova, esperava-se que ela debutasse no que hoje conhecemos como ITZY. Também não rolou e, cansada do turbilhão de promessas não cumpridas (e que o JYP não tinha nenhum interesse de trabalhar ela solo), a Somi terminou seu contrato com a JYPE quatro anos após ser contratada. 

Agora ela está na The Black Label, subsidiária da YG, e foi num péssimo timing porque na mesma época o escândalo da Burning Sun explodiu. Talvez por isso o debut da gata foi tão adiado e, no fim das contas, decepcionou a galera por ser “menos do que se esperava”. Mas, na real, não é bem assim. Birthday carrega toda a personalidade sassy da Somi, condensada num teen crush tão carismático que é impossível não se deixar levar.

Pode ser que ela seja “nova demais” pra segurar um solo, mas a gente já parou pra pensar em quantas vezes a Somi foi julgada por ser nova demais? Sendo o rosto de um dos grupos mais aguardados da novidade Produce com apenas 15 anos, assumindo inúmeras responsabilidades que uma center tem… Aquele choro doído quando os resultados foram anunciados fez com que a gente lembrasse que ela é só uma criança lutando pelos seus sonhos. E em Birthday, ela reflete sobre tudo isso como se fosse uma brincadeira, como se todos os seus dias fossem uma grande festa de aniversário. 

Sabe o que me lembra? Tem um episódio dos Padrinhos Mágicos em que o Timmy, cansado de ninguém nunca lembrar do aniversário dele, deseja que todos os dias seu aniversário seja comemorado. Que criança nunca desejou isso dentro de si, né? Ter um dia só pra ela, em que ela seja mimada, querida… Eu, no auge dos meus (agora) 26 anos, desejo isso todos os dias. E se a Somi pode ser uma gostosona que vive sua vida como se fosse um aniversário, barrando quem ela quiser, sendo quem ela quiser, por que eu não posso? Por que a gente não pode?

Quer me dar um presente de aniversário? Então acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Curious Cat | Instagram

Agora, se você quer muito me dar um presente de aniversário, me dá uns trocados pelo Pix com a chave rafaellasolla@hotmail.com.

Autor: Rafa

26 anos, de São Paulo e ativa nessa vida de pop asiático há mais tempo do que eu gostaria.

7 pensamentos

    1. Aliás, comentei antes de terminar de ler o post e vi o quão fofa você foi no final!! Nunca tinha visto a Somi por essa perspectiva… tomara que o futuro dela seja mais brilhante e com mais músicas (já que ela tá produzindo um EP faz uns 2 anos).

      Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Gosto Meu Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s