Pacotão AYO GG | Melhores de Junho/21

Mais um mês que se foi, minha gente. E o pior de tudo: completamos o primeiro semestre de 2021! Vocês acreditam nisso? Muito doido pensar que eu passei seis meses completamente trancada em casa (não que tenha sido diferente ano passado, mas eu ainda tinha memórias de um tempo pré-pandemia). 

Enfim, eu tinha comentado no mês passado sobre como eu gostaria que junho fosse movimentado também, mas não foi. Novamente tivemos semanas de lançamentos capengas e até agora não entendi se a culpa é do coronavírus, das Olimpíadas ou do Brave Girls que anunciou seu aguardadíssimo comeback e botou todo mundo pra correr. Ainda assim, o AYO GG segue se superando nos números, mesmo tendo sido o mês com menos postagens até agora. Obrigada, gente, vocês são um máximo. 

Em junho, somamos mais de 4k de views e, pela primeira vez, os visitantes mensais passaram de mil! Os cinco posts mais vistos desse mês foram:

– A atualização do caso do APRIL, com a cagada hilária que a irmã da Naeun fez;

– O comeback polêmico do LOONA (cara, faz três dias desse post e ele bateu 145 views);

– A bossa-nova do TWICE ft. Manoel Carlos; 

– Minha lista de album tracks melhores que o single;

– E uma Xepa aleatória, onde eu falo mal do MAMAMOO e de Utada ao mesmo tempo.

Agora em julho eu estou de férias da faculdade e (talvez) do trabalho, então alguns posts podem sair do papel, como o Rinha (que eu não fiz no mês passado por falta de tempo), algumas reviews de séries (eu terminei Garota de Fora, talvez eu comece por ela) e, quem sabe se a Receita Federal colaborar, as reviews de álbuns físicos! To esperando alguns álbuns saírem de Curitiba, como o da YUKIKA, e minha ideia é trazer um resumão pro blog ao mesmo tempo em que eu posto um unboxing no meu canal do Youtube (é uma ótima forma de ressuscitar o coitado sem que a minha cara de bolacha apareça). 

Enfim, caso você seja novo aqui no blog e não saiba o que é o Pacotão, seguem as regras:

– Parece óbvio, mas são apenas lançamentos FEMININOS da Coreia do Sul e do Japão.

– A lista contém apenas singles lançados em maio, reservando a grande lista de fim de ano pra juntar tudo (inclusive as b-sides) pra saber o que realmente foi bom durante 2021.

– Serão dez músicas em ordem decrescente, apenas com os vídeos acompanhando. Playlist só no fim do ano.

10. LIGHTSUM – Vanilla

Eu tenho quase certeza de que eu fui a única na blogosfera que curtiu de verdade essa música. Mas pra quem não prometia nada além de uma logo bonita e um último suspiro do P48, o LIGHTSUM se saiu bem lançando Vanilla. É um teen crush gostosinho que, apesar da edição um pouco sem sentido e o rap desproporcional, funciona bem se a gente levar em consideração que a Cube tá vivendo em situação de barril nos últimos tempos. Pontos negativos: matou o CLC e o (G)I-DLE em uma tacada só. 

09. Serri – MyMy LOVE

Não houve nenhum envolvimento do Dougie na escolha dessa música pro Pacotão (se tivesse, estaria em primeiro). A verdade é que MyMy LOVE é uma boa representante da onda citypopiana dentro da Coreia do Sul; se você ama a YUKIKA, você vai amar essa aqui da Serri, até porque ela é bem feitinha mesmo. Lembra vagamente alguns números retrô do próprio Dalshabet, ou seja, ela acertou em cheio nessa daqui. 

08. MINIMANI – STOP

O protesto contra a violência em forma de discopop/trot do MINIMANI é um bom exemplo de como pautas sérias podem entreter tanto quanto conscientizar. Como eu já tinha comentado antes, a Coreia do Sul tem casos sérios de bullying e machismo enraizados na cultura deles, e STOP dá a voz aos que não conseguem se manifestar sem sofrer represálias, tal qual o protesto dos alunos da SOPA contra a podridão da diretoria. Música importantíssima e corajosa pra sua playlist. 

07. TWICE – Perfect World

Em Perfect World, o TWICE repaginou sua imagem e som mais uma vez, lançando um girl crush que dificilmente outros grupos levariam com tanto carisma quanto elas. É uma ótima adição à discografia japonesa das gatinhas, elevando-se ao patamar do Girls’ Generation no sentido de qualidade. O engraçado é que, conforme eu fui escutando essa música, eu consigo identificar características do Super Junior aqui, mas que não seria tão bem performada por eles como foi pelo TWICE. Enfim, queens.

06. iri – Uzu

Eu nunca tinha ouvido falar da iri até o momento que vi o MV de Uzu, mas tudo aqui é incrível. Um garage house classudo com pegada futurista good vibes cantada por um timbre super diferenciado e que eleve sua alma pra outro nível talvez seja tudo que você precisa hoje, caso queira fugir um pouco da trivialidade do kpop e de algumas coisas no jpop. A bicha mandou muito bem nessa daqui e com certeza eu vou ficar de olho nos próximos lançamentos. 

05. Brave Girls – Chi Mat Ba Ram

Depois do milagre que aconteceu na vida delas, o Brave Girls fez seu tão esperado comeback, contando com um orçamento e hype muito maiores do que nunca. Chi Mat Ba Ram pode não ter sido o que todo mundo queria, mas é um ótimo follow-up para o legado de rainhas do verão que o Sistar tinha, ressuscitando a icônica introdução Brave Saint-Tropez e resgatando/celebrando o que havia de tão brega-chique havia na segunda geração do kpop. Acho que, no fim das contas, o fato delas irem do lixo ao luxo de forma quase literal foi o que salvou 2021 até o momento, e a longevidade desse lançamento comigo prova isso.

04. CAPSULE – Hikari no Disco

Pras mais novinhas que não tiveram o prazer de ouvir o CAPSULE no seu auge artístico, como o álbum Fruits Clipper, felizmente o Nakata liberou a Toshiko do porão e eles gravaram a simpática Hikari no Disco, que vai ser tema do novo filme do anime Sidonia no Kishi. Apesar da semana em que isso foi lançado ter contribuído muito (por ter sido horrível), o carisma dessa música é contagiante a ponto de nem se incomodar com um MV tão caseiro como esse. City pop nostálgico at its finest. 

03. Genie High – Kyashana Lip (ft. Chanmina)

Duas gostosas se reuniram num bar capenga de Roppongi pra performarem um número de jazz contemporâneo burlesco sobre suas inseguranças. Essa é a premissa de Kyashana Lip, mais uma ótima parceira da Chanmina com uma banda chamada Genie High e é, de longe, uma das melhores coisas que o Japão desovou esse ano. A Chanmina, principalmente, tem essa energia tão magnética que ela quase rouba todo o protagonismo da música pra si. Verdadeiras divas fazem assim. Eu ainda vou viver pra ver essa menina estourar em nível mundial. 

02. TWICE – Alcohol-Free

Polêmico? Talvez. Mas Alcohol-Free é inegavelmente um dos destaques do verão coreano justamente por se contrapor a todas as firulas barulhentas que o kpop tem feito questão de lançar. Não é sempre que eu quero ouvir como eu sou foda, como eu sou vencedora ou algo do tipo (aliás, já cansou). Tem dias que uma bossinha sobre amores embriagantes é o suficiente, e o TWICE me ganhou aqui justamente com isso. É claro que o EP tá bem melhor, mas elas ousaram aqui, entregando a brasilidade de uma propaganda de cerveja enquanto eu visto duas blusas num frio de 10 graus. E às vezes é sobre isso mesmo. Tá tudo bem não gostar, mas elas foram o momento aqui. 

01. Song Heejin – Soda

E falando em verão, quem figura o topo do Pacotão de junho é a deliciosa Soda, produto da nova solista de um fã só (eu): Song Heejin! Tudo aqui é gostoso, a música, o MV, a voz dela… Uma produção bem caseira de uma ex-integrante de um grupo extremamente desconhecido; o puro suco do nugu, o que só prova como as grandes empresas do entretenimento por lá estão perdidas, querendo agradar o grande público sem saber o que fazer pra isso, enquanto a Heejin se aventura pelo quintal de casa em busca de latinhas de refrigerante. O instrumental retrô foi um ótimo fator pra eu gostar da música, mas eu achei tudo aqui tão bem feito que foi impossível não me apaixonar por esse número faça-você-mesmo de verão. Atual e ótimo, do jeito que eu gosto. 

Acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Curious Cat | Instagram

Se você gosta muito do AYO GG e quiser transferir uns trocados pelo Pix, utilize a chave rafaellasolla@hotmail.com.

Autor: Rafa

26 anos, de São Paulo e ativa nessa vida de pop asiático há mais tempo do que eu gostaria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s