Segundo dia do governo Lula e já estamos vencendo com OMG

Oi, eu sou a Bea e estarei por aqui escrevendo reviews pro nosso pitchfork tupiniquim.

NewJeans surgiu como uma esperança de que FINALMENTE íamos ter músicas que saíssem dos dois únicos espectros atuais do Kpop que são “tem uma criança de 2 anos derrubando todas as panelas do armário” ou “quem gritar menos vai ser demitido”. Então, por mais que eu seja contra menores de idade debutando, preciso admitir que tem sido ótimo.

Gosto de ouvir primeiro a música e depois o MV. Então vamos lá.

Os primeiros 3 segundos já me fizeram pensar, “sim, definitivamente é uma música do NewJeans”. É gostoso pensar que um grupo tão novo já tem uma identidade marcante. 

Os vocais trazem aquela calma que não é entediante e te coloca pra dormir — um beijo pros queridos que cantam ballads chatíssimas. Mesmo com metade do grupo ainda passando pela puberdade, ninguém canta daquele jeito fino que não suportamos. E a música vai crescendo sem precisar estourar seus fones e quando você vê está balançando a cabeça no ritmo do refrão.

Sobre o MV: adorei o conceito de começar numa terapia em grupo, refletindo bem como foi a virada de ano do brasileiro médio. 

Não sou muito fã de historinha em MVs, ainda mais quando leva mais de 1 minuto pra começar a música, mas achei que agregou ao que está na letra. Ela acha que encontrou o amor da vida dela — adolescente é isso aí — e tá obcecada, ele faz tudo por ela e etc, mas vem a pergunta que todas as outras repetem “quem é ele?” e o tom da pergunta pode ser claramente traduzido para “você está louca, querida”. 

O MV mantém a estética Anos 2000 assim como os outros, mas com cortes mais escuros dessa vez, o que combina com o coelhinho da Deep Web que é a capa do single. Um Multiverso da Loucura but make it Korean. Parte da história são sessões de terapia e a outra parte é a adolescência em sua pura forma. E não só tem um epílogo como também tem uma cena pós-créditos — tá feliz, Marvel? Olha que o você fez com a cultura pop. 

In conclusion, a estética delas é apropriada pra faixa etária do grupo e traz essa sensação de nostalgia pra quem se lembra dos Anos 2000 ao mesmo tempo que traz elementos atuais. E é um descanso pros nossos ouvidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s