Jpop, Kpop, News

Xepa AYO GG | Lançamentos que não deram tempo de comentar

Sim, eu deixei o blog às moscas por mais de uma semana, mas eu disse no último post que isso aconteceria por um motivo muito importante: eu me mudei! Finalmente eu tenho um lugar só meu pra viver como a adulta que eu sou. E, bom, até resolver todas as pendências da mudança e organizar a casa e minha rotina de um jeito que eu me sinta confortável de vez, vai demorar mais alguns dias. Então pode ser que as postagens ainda fiquem bem espaçadas, mas eu não esqueci o bloguinho, hein. 

Enquanto isso, vamos botar os lançamentos em dia.

Kim Chaewon – Tomorrow

Não fazia a menor ideia de que a menina do APRIL ia debutar solo e, adivinha só: achei bem simpático. É um pop bem fácil, genérico, mas não deixa de ser uma gracinha. Perfeito pro fim do verão. 

MAMAMOO+ – Better (ft. BIG Naughty)

Acho que eu nunca tinha visto uma unit de kpop com um conceito tão… Broxante. Que o MAMAMOO não funciona mais como grupo a gente já sabe, mas até numa unit com potencial enorme (Moonbyul e Solar têm uma química absurda juntas), a RBW aparece com isso. Foi a jogada de toalha que eu precisava pra largar elas de vez.

Billlie – RING ma Bell (what a wonderful world)

Ao contrário do Billlie, que finalmente entregou uma title boa (quem disser que GingaMingaYo é boa, vai ficar careca) e, de quebra, aproveitaram a semi-trend do rock 2000s (sinceramente não sei porque não tá engatando tanto quanto os outros gêneros nos anos anteriores). Gosto demais do pré-refrão e, principalmente, do refrão, que é muito Camp Rock vibes. Delícia.

PRITTI-G – Love Taker

Outra roqueiragem, dessa vez bem mais nugu. Soa exatamente como o Dreamcatcher no começo da carreira e com muito menos orçamento (e olha que o Dreamcatcher mal tinha orçamento). 

Jiselle – Butterfly (ft. oceanfromtheblue)

R&B pra fazer amorzinho gostoso.

We;Na – Like Psycho 

AAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!! Que treco maravilhoso, porraaaaaaaaaaaaaaa. Nostálgico demais e até com um gostinho de jpop nas notas mais profundas do instrumental. E é tão icônico que o MV e a música não se conectam por nada, nenhum vínculo, nada muito cabeçudo; é pop puramente pop. Amei demais.

Busters – Broken Clock

White aegyo da terceira geração bem feitinho, parece muito com os primeiros trabalhos do GFRIEND. Nada que me faça descarrilhar, mas é bom.

Nogizaka46 – Suki to Iu no wa Rock daze!

Depois do último single que foi muito bom, o Nogizaka46 voltou a fazer música crente (assim como o AKB48, que vai lançar uma caipiragem desse nível no mês que vem). Passo.

ASP – A Song of Punk 2022

Esse grupo foi o maior turnover que eu presenciei nos últimos meses. A WACK batizou as coitadas de ANAL SEX PENiS e deram umas músicas BEM merda pra elas cantarem. Só quando o nome pegou mal, a empresa trocou o significado e os lançamentos ficaram mais legais. Pro debut principal, por exemplo, elas regravaram essa música (lançada no ano passado) e o arranjo todo ficou muito mais interessante, lembrando até os primeiros anos do BiS. 

Chanmina – Tokyo 4AM

Bem ruinzinha, mas a mamacita tá tão linda platinada. 

Kep1er – Wing Wing

Quando o Kep1er se redime no seu segundo comeback coreano, elas lançam isso no Japão: uma releitura de WA DA DA misturada com qualquer bosta que o ITZY tenha feito nos últimos tempos. E, meus parabéns amores, ficou horrível. 

Acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Youtube

Se você gosta muito do AYO GG e quiser transferir uns trocados pelo Pix, utilize a chave rafaellasolla@hotmail.com.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s