Kpop, News

Não é dia de finados, mas o SNSD levantou da tumba pra dizer que elas e os sones são FOREVER 1

Toda oportunidade que eu tenho de dizer que grupo x retornou e a notícia que ninguém acreditou aconteceu, eu digo. É que eu não confiei o suficiente no fato de que, um dia, eu cobriria o comeback do qual eu vou falar agora, então não fui esperta e não tive visão pra guardar a expressão até lá. Pois é, amigas. A real notícia, a mais importante notícia que ninguém acreditou aconteceu de verdade: o SNSD está de volta.

Faz umas semanas (talvez tenha sido no post sobre a Hyoyeon) que eu disse que elas estavam pra completar 15 anos e a SM não tinha dado um sinal de vida a respeito do assunto, mas de repente as redes sociais foram atualizadas, rumores sobre um reality se tornaram verdadeiros e as coisas foram tomando forma a ponto de dizer pra mim mesma “caralho, as tiazonas tão voltando mesmo”. Com a música marcada pra sair no dia exato que elas fazem 15 anos de carreira, o SNSD relembra com carinho de tudo que formou o grupo da nação coreana. 

Vamos dar uma olhada em FOREVER 1

Com o comeback do SNSD anunciado, a segunda parte do meu medo era mais direcionada ao fato do que a SM poderia proporcionar em questão de sonoridade. Desde quando elas lançaram Holiday, muita coisa mudou não só na empresa como no kpop num geral, e o fato de quererem fazer um universo compartilhado em Kwangya me deixou um pouco desesperada. São 15 anos de grupo, acho que não era o melhor momento de enfiarem a lore da empresa no comeback. Tudo tem hora e lugar, sabe? E ver o SNSD lançando um trap industrial provavelmente é meu top 3 pesadelos mais horripilantes.

Mas FOREVER 1 é carregada de sentimentalismo. Soa como um reencontro emocionante depois de fecharem as cortinas melancólicas em All Night, e todas as referências escondidas que anunciavam uma pausa longa e indefinitiva do grupo. E, mais do que isso, FOREVER 1 é visualmente tão nostálgica que não tem como ficar indiferente. O MV abre com a Taeyeon seguindo sua carreira como uma das solistas mais bem sucedidas da Coreia, passando pela Yuri atriz, Hyoyeon DJ, Sunny apresentadora e por aí vai, todas muito bem sucedidas em diferentes áreas pós-comeback de 10 anos. 

Ainda muito engajada em emocionar quem vê e ouve, FOREVER 1 traz um sample lindíssimo de Into The New World na ponte, mas estruturalmente a música faz questão de relembrar o icônico debut das soshis o tempo todo. A começar pelo navio, um dos cenários principais do MV e que referencia o navio usado durante o debut delas no MCountdown. Mas foi a partir dele que começou a se formar uma geração de garotas que buscam fazer dos seus sonhos realidade, e as garotas que um dia sonharam em Into The New World realizaram tudo e um pouco mais aqui em FOREVER 1, principalmente quando a letra usa trechos como as histórias que eles contam, de como eu simplesmente dei meu tudo. Acho que essa é a mensagem mais bonita que esse comeback traz.

FOREVER 1 ainda traz esse protagonismo feminino, que foi conquistado com o SNSD anos atrás, citando coisas que a cultura popular diz que elas mesmas criaram. A posição de visual center da Yoona, as honey thighs da Yuri, as primeiras killing parts a viralizarem na internet (como a atemporal DJ put it back on em Genie), a popularização das fancams (de forma indireta pela direção do MV), as roupas color blocks que fazem referência as icônicas calças coloridas em Gee, o primeiro daesang dado a um girlgroup pelo álbum do ano. Tudo isso muito bem estruturado pras oito integrantes, que pela primeira vez na história cantam em vez de seguirem a rivalidade amigável entre Taeyeon e Tiffany e Jessica, se estivesse viva na Coreia do Sul, amarrado no som de assinatura que elas também botaram em evidência, o bubblegum pop. 

Muito se diz sobre esse comeback ser mais um especial pra fãs do que uma música a ser curtida de fato. Eu acho que dá pra encarar dessas duas óticas; nem sou tão fã assim do SNSD e gostei demais da retrospectiva cuidadosa que tiveram com a carreira estrondosa das soshis. Cada pedacinho conta uma história bonita que elas viveram e eu acho importante, principalmente pros kpoppers mais novinhos, entenderem a relevância que elas tiveram em tempos onde a indústria era dominada por grupos masculinos. SNSD foi a primeira referência pra muita gente, sobre ser garota e conquistar o mundo. Elas voltarem tempos depois pra recontarem essa trajetória do jeito que foi contada em FOREVER 1 é extremamente simbólico. 

Escute também: You Better Run

Provavelmente as pessoas já me viram falando no Twitter o quanto eu acho os álbuns coreanos do SNSD bregas. Poucas faixas realmente se destacam pra mim, como Express 999, e eu tendo a gostar muito mais dos álbuns japoneses por servirem pop perfections como nenhum outro grupo ousou fazer (Motorcycle ainda é um grande hit na minha playlist). O que temos no sétimo full das velhotas é uma sequência de homenagens a outros momentos da carreira delas. Realmente é um álbum dedicado aos fãs, mas com um sonoridade muito mais madura e coesa, o que faz desse um ótimo produto coreano lançado por elas. Destaquei You Better Run por ser a mais diferenciada da tracklist, assim como a ousadia gigantesca do SNSD meter um pop agressivo nesse nível. O pano de fundo é bem interessante, atuando como uma segunda parte de Run Devil Run, mas o jeito que ela soa moderna e bem mais adulta que sua antecessora é o que me pegou, entregando algo da quarta geração melhor do que a quarta geração faz. Se você está procurando coisas mais parecidas com a title, no entanto, eu recomendo também Closer, Mood Lamp e Paper Plane. 

Acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Youtube

Se você gosta muito do AYO GG e quiser transferir uns trocados pelo Pix, utilize a chave rafaellasolla@hotmail.com.

3 comentários em “Não é dia de finados, mas o SNSD levantou da tumba pra dizer que elas e os sones são FOREVER 1”

  1. Eu como Sone fiquei muito feliz delas voltarem. Tava com medo da SM descambar no aegyo, mas conseguiram pegar o melhor de Holiday e All Night e juntarem na música, resultando em algo maduro e condizente com o fato delas serem adultas, sem ter aegyo forçado. E obrigadx por ter falado do trap ruim, escutei um pouco e já sei o que tenho que pular quando ouvir o álbum, kkkkk

    Curtido por 1 pessoa

  2. ironicamente, eu gostei muito de villain e esperava que grupos que nem o aespa tivessem uma sonoridade dessas nas titles ao invés de… seja lá o que fizeram com todas as titles delas. mas esse cb como um todo achei bem redondinho e bem-feito, me surpreendeu a sm mandar até um reality show pra promover o grupo, os ggroups da sm geralmente recebem o mínimo do mínimo (red velvet que o diga).

    Curtido por 1 pessoa

  3. Amei esse retorno, estava tão ansiosa, todas lindíssimas como sempre, pena que o próximo provavelmente será só daqui a cinco anos, aí meu coração, mas vou tentar pensar nisso só depois, estou mais abastecida que os Blink de qualquer forma, desculpem pela cutucada kkkkkkk é rir pra não chorar né gente

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s