Jpop, News

Depois de ser esnobada pela Mnet, Yurina Kawaguchi só quer o reconhecimento que merece em Look At Me

Ah, o Girls Planet 999… Quantas memórias e flashbacks de guerra eu tenho só de lembrar desse programa e do tempo que eu gastei assistindo, fazendo análises, edits, tudo pra deixar os posts mais completos possível pra, no final, ser a patifaria que foi. Não que eu já não esperasse roubalheira e compra de posições, mas nem nas edições passadas do Produce a Mnet foi tão descarada. Enfim, hoje eu dou risada e até passo um pano porque as fulanas lá lançaram uma ótima música pro povo GLS, e é sobre isso.

Porém, uma personagem ficou muito marcada na internet por ser sinônimo de injustiça e até pedantismo por parte da produção do programa para com as competidoras não-coreanas. Yurina Kawaguchi era um debut certo, ficando sempre entre as primeiras posições e chegando até a ocupar a primeira cadeira em um episódio emocionante (que inclusive gerou memes com a narração do Tiago Leifert anunciando Juliette como campeã do BBB). Porém, sabemos que o debut no grupo final não rolou e aquela parecia ser a última chance da Yurina, até que a kween ressurgiu como uma deusa e começou a soltar teasers.

O que será que a solista Yurina tem pra nos oferecer? 

Eu queria muito dizer que Look At Me é só uma musiquinha legal e descontraída pra ouvir de vez em quando, até pensei em jogar pra Xepa e soltar uma ou duas linhas sobre esse debut, mas, dado ao histórico que a Mnet tem com essa menina, achei que não seria justo. Como o programa não foi justo com ela em nenhum momento. Claro, Look At Me não tem nada elaborado na sua produção ou é a reinvenção da roda dentro do jpop, só que tem tanto sentimento, tanta mágoa, tanto desejo guardado aqui que é praticamente impossível não sentir empatia e se colocar no lugar dela. 

A letra, composta pela própria Yurina, diz muito sobre o sonho de ser reconhecida. Essa vontade de ter todos os olhos voltados pra si, que tá imposto no título da música, é algo que chegou a acontecer (a torcida dela na época do Girls Planet 999 era muito grande, tanto aqui na blogosfera quanto no Twitter), mas a Mnet, de alguma forma, não levou a mensagem adiante. Ela chegou a sentar na cadeira do topo do programa, mas, semana após semana, seus números foram caindo até que ela ficasse de fora da line-up definitiva, permanecendo na última linha de corte antes do anúncio final do que hoje conhecemos como Kep1er. 

Tive que revisitar alguns posts meus sobre o Girls Planet 999 e reparei que sempre gostei da Yurina. Ela chamou minha atenção por salvar a apresentação falida de Fancy logo no primeiro episódio e, desde então, olhei com muito carinho pras coisas que ela fazia, fazendo críticas pontuais quando precisava, mas acreditando que essa menina iria longe com ou sem uma emissora coreana por trás. Inclusive, é uma coisa que eu digo sobre o episódio onde a Yurina hiperventilou depois das falas tortas da Sunmi e do outro lá que eu já esqueci o nome: faltou carinho e direcionamento com ela e as demais competidoras estrangeiras. Mas se teve uma coisa boa que o reality trouxe foi a figura da própria Yurina, que se tornou muito maior depois de debutar solo e metendo a mão em todos os detalhes da sua nova carreira no Japão.

Pode até ser que Look At Me não seja a melhor música que você vai ouvir esse mês, mas o fato dela ser tão autoral é que traz o charme e a sensibilidade da coisa toda. Não tem como ler a letra e não querer dar o mundo pra ela, como se ela se encarasse numa sala de espelhos e visse cada fragmento seu, do passado e do futuro. Ela sabe que ainda tá longe de ser a artista que sonhou (isso tá na letra e é uma frase tão bonita e sincera), mas precisa seguir em frente não só pra provar que quem perdeu foi a Mnet e o Kep1er, como também pra brilhar e ser reconhecida como ela, e qualquer um que tenha a ousadia de querer e perseguir algo, merece. 

Acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Youtube

Se você gosta muito do AYO GG e quiser transferir uns trocados pelo Pix, utilize a chave rafaellasolla@hotmail.com.

Um comentário em “Depois de ser esnobada pela Mnet, Yurina Kawaguchi só quer o reconhecimento que merece em Look At Me”

  1. O Kep1er perdeu muito por ela não ter entrado no grupo… a Yurina é melhor que pelo menos metade das competidoras que entraram. No mais, gostei da música, e não culpo ela por voltar sua carreira pro Japão e esnobar de volta a Coreia do Sul que esnobou ela no GP999.

    Falando em Kep1er, viu que saíram algumas “performances promocionais” pro Queendom 2? A das Kléber deve sair esta noite. Aparentemente a maioria dos grupos só vai fazer um número de dança, mas há indicações de que a performance promocional da Hyolyn inclui canto ao vivo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s