Jpop, Kpop, News

Xepa AYO GG | Lançamentos que não deram tempo de comentar

Fazia tempo que eu não escrevia uma Xepa, hein? Na verdade, o ranking de fim de ano e outras coisas me fizeram arrastar o quadro por algumas semanas, fora os lançamentos de natal que quase nunca me empolgam pra escrever. Porém, chegamos em 2022, novas coisas estão saindo e, bom, não vou mais deixar acumular tanta coisa assim senão o quadro morre (por preguiça minha). Então vamos lá dissecar tudo de relevante que tivemos, com comentários rápidos pra ninguém se sentir cansado (principalmente eu, de escrever).

Billlie – snowy night

Música de natal #1: fizeram de tudo pra enfiar a menina do Girls Planet 999 aqui, até na thumb do vídeo ela aparece. Mas eu surpreendentemente gostei da vibe que a música passa, parece até aquelas mixagens vaporwave/chill que tem aos montes no Youtube. E o conceito do MV também é bem legal.

Purple Kiss – My My

Música de natal #2: bonitinha, traz aquela sensação romântica e clássica de filmes da época por causa dos vocais profundos do Purple Kiss.

Rocking doll – Rocking doll

Um grupo que teve a pachorra de debutar em vias de fim de ano com esse peido sonoro. 

aespa – Dreams Come True

No dia que isso saiu, eu vi a galera rasgando seda pra atualização que o aespa fez na música, mas eu achei capenga demais. Tirou toda a aura mágica e futurista que a original do SES tem (e que eu amo de paixão). Um grande não pra mim.

Hyolyn – A-Ha

Música de natal #3: ótimo revival do Sistar, mas não entendi porque ela não chamou as outras três pra fazerem o backing vocal pra deixar o retorno mais nostálgico. Me lembrou a propaganda do natal brasileiro que o Guaraná Antártica fez com a Paula Fernandes.

Oh My Girl – Shark

COM CERTEZA isso vai durar comigo tempo o suficiente pra entrar no ranking de 2022. Os vocais não tem nada a ver com o instrumental da música e isso faz o resultado ser bem desconfortável, mas é uma sacada completamente diferente do que o Oh My Girl veio fazendo desde que alcançou o sucesso dois anos atrás. 

Moonbyul – Shutdown (ft. SEORI)

Só a Moonbyul soando tediosa como sempre. Esperando a próxima ILJIDO no EP que tá vindo aí. 

GOT the beat – Step Back

Eu passei mal de verdade com o lacre reverso dessa merda, sério. A letra é, facilmente, uma das coisas mais constrangedoras que eu já li na vida, e olha que eu já li muita fanfic PWP. Sei lá quem foi que achou que juntar sete mulheres da SM pra se estapearem sobre um macho era uma ótima ideia… Pelo amor, se a música ainda fosse boa, mas que porra de mixagem de centavos é essa? A BoA com 30 anos se sujeitando a isso, e a high note da Wendy falando que o homem dela é de outro nível, vai se fuder. Achei que era exagero da galera, mas me contorci de vergonha. 

woo!ah! – Catch the Stars

Enquanto o Oh My Girl soa menos Oh My Girl possível, o woo!ah! aproveitou a oportunidade pra agarrar a sonoridade pra elas. E nem to reclamando, copiaram a lição de casa e fizeram ainda melhor. 

H1-KEY – Athletic Girl

A existência desse grupo aqui é engraçadíssima por ter uma tailandesa abertamente de direita (o pai dela participou do golpe militar de 2014 no país e ela declarou que ele é um modelo a ser seguido). Sobre a música, não ofende tanto assim. É uma farofinha datada sobre ser gostosa fitness e ponto.

AleXa – Tattoo

Só digo uma coisa: Seventeen sunbaenim cantou ulgo sipji anha em cima desse prédio e ainda assim eu to aqui ulgo isseo (gente, procura esse vídeo dela, sério). A música pode até não ser a melhor coisa que ela já lançou (ainda acho que vai crescer em mim ao longo dos dias), mas… Alex Christine, eu te amo TANTO. 

FEMM – Tokyo Girls Anthem

Era véspera de natal e o FEMM tava cantando que são mais doces que um pirulito num bar qualquer de Roppongi. É sobre isso.

Yurina Hirate – Kakegae no Nai Sekai

O MEU BEBE VOLTOU!!!!!!!!!!!!!!! Servindo jpop perfection como sempre. Amo como isso aqui soa como aquelas big bands de jazz, aquele grande caos musical, mas ao mesmo tempo super experimental. 

BiSH – FiNAL SHiTS

O BiSH morreu (na verdade, pelo que eu li, o grupo acaba mesmo em 2023) e lançou uma música sobre o término. É estranho; mesmo sem ouvir tanto, nunca imaginei viver pra ver o projeto chegando ao fim, mas pelo menos a AiNA vai conseguir focar 100% na sua carreira solo brilhante. 

Acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Youtube

Se você gosta muito do AYO GG e quiser transferir uns trocados pelo Pix, utilize a chave rafaellasolla@hotmail.com.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s