Off topic: Acuda! O canal do AYO GG no Youtube foi banido!

E brasileiro tem paz nesse país? Porra nenhuma!

Caso você, leitor desse blog mequetrefe, ainda não saiba: sim, o AYO GG tem um canal no Youtube. Faz um tempinho que um amigo (que é meu chefe no trabalho também) me sugeriu fazer vídeos de unboxing, já que eu comecei a investir em álbuns de kpop de novo (e levei o pobre pro mesmo caminho). E não foi uma má ideia, até porque não preciso botar a cara na câmera e isso faz com que eu tenha uma desenvoltura melhor pra me expressar. 

Eu já tinha um canal no Youtube pra postar lyric videos. Sabe aqueles vídeos de músicas coreanas com as letras da música e que cada integrante tem uma cor pra representar suas linhas? Então, eu comecei fazendo isso, e rendia ótimas views (meu vídeo do SECHSKIES, por exemplo, tinha um pouco mais de um milhão de views). Normalmente, eu pegava músicas que eu gostava e que não tinham esse tipo de vídeo ainda no Youtube, mas dá um trabalhão. Muitas vezes as músicas nem tinham tradução em inglês, então eu traduzia e mandava pra uma amiga que é mais fluente em coreano pra revisar. Depois, eu montava cada frame no Photoshop e juntava tudo no Vegas, que é a parte mais chata, pra saber qual o tempo certo de cada fulano na música. 

Justamente por conta do trampo, eu acabei abandonando a ideia e comecei a gravar gameplays com os meus amigos do trabalho. Inocente demais, porque isso dava ainda mais trabalho pra editar (tanto que rendeu só duas gameplays). Depois de um tempo pensando no que fazer, decidi postar reacts e reviews. Pena que o desafio era mostrar meu rosto, e aí caí naquilo que comentei mais pra cima: a língua presa (e a insegurança com a minha aparência no geral). Fora que eu não tenho “malemolência” pra me expressar na câmera, mas também não tenho paciência pra aprender. Essa fase rendeu uns dois vídeos também (e mais um engavetado pela preguiça de editar). Na época, eu comprei minha mesa digitalizadora e fiz um unboxing bem porco, mas percebi que foi um vídeo bem mais agradável de fazer e assistir. Foi aí que, depois de uns meses, com o blog já ativo e viciada em vídeos gringos, eu me convenci a fazer unboxing de álbuns de kpop. Esse foi o início da fase AYO GG do canal.

Só que, antes disso, eu upei algumas músicas da Akina Nakamori pro meu post da Rinha, porque você não encontra músicas dessa desgraçada em outro lugar, ainda mais dos álbuns entre 1986 e 2009. E como eu sou extremamente implicante com o formato dos posts, eu decidi subir as músicas que eu queria destacar no post no Youtube, e, meio que sem querer, rendeu bastantes views também. Óbvio que eu não tava lucrando com isso, deixei um disclaimer no vídeo como eu fazia com os lyrics (que, inclusive, nunca receberam notificação). Eis que uma CADELA de um fã clube japonês da Akina resolveu implicar com uma VELHA KPOPPER feito eu, que só queria produzir conteúdo honesto, e denunciou três vídeos dela. E aí é aquilo: três strikes, é ban permanente. 

Censurei o nome e e-mail, vai que essa doida me acha

Não fiquei puta porque não era um canal grande e tal, mas fiquei um pouco frustrada. Como eu falei, nunca recebi notificação por conta dos lyric videos, onde eu uso a música PURA pra poder divulgar a letra. E tudo que tinha nessa conta foram coisas que, apesar de terem sido prazerosas no momento em que foram feitas, tomaram meu tempo de alguma forma. O antigo AYO GG já tinha 57 inscritos e eu tava afim de fazer ele crescer, se não fosse uma piranha japonesa querendo destruir a vida de uma moradora de um país de terceiro mundo com um presidente igual ao nosso (já não basta os ouros no skate né caralho), daí entra a Rafaella aqui implorando por uma migalha de vocês nesse recomeço do canal. O bom é que vai ser um canal focado exclusivamente nesses unboxings (até o estoque de serotonina acabar, pelo menos). Nunca esperei lucro dessas coisas, até porque não sou focada 100% nisso, mas to amando essa nova fase (blog + canal) e quero fazer meu nome. 

Até agora, eu tenho dois unboxings gravados e que foram postados lá no outro canal. Primeiro é o do timeabout, da YUKIKA, as duas versões. Já o segundo é do UNNATURAL, último mini do WJSN, só a versão 2. É importante pra mim nesse momento que vocês assistam, curtam, compartilhem (esse post e os vídeos) e se inscrevam lá. Eu tenho vários álbuns a caminho e, provavelmente, não vou parar tão cedo. Além disso, eu sou 100% sincera nas minhas reviews em vídeo, tanto que eu esculachei o formato do álbum do WJSN. Não sou engraçada nem nada, mas é um conteúdo feito de coração. 

Acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Youtube

Se você gosta muito do AYO GG e quiser transferir uns trocados pelo Pix, utilize a chave rafaellasolla@hotmail.com.

Autor: Rafa

26 anos, de São Paulo e ativa nessa vida de pop asiático há mais tempo do que eu gostaria.

Nenhum pensamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s