Xepa AYO GG | Lançamentos que não deram tempo de comentar

E chegamos a mais um fim de semana aqui no AYO GG, semana essa que também foi mais agitada do que estávamos acostumados. Será que finalmente o cenário asiático tá engatando? O verão tá chegando por lá e, *geralmente*, rende coisas muito boas, já temos marcados o comeback do MAMAMOO, TWICE e as novas it girls da Coreia do Sul Brave Girls, então podemos esperar ansiosos pelo próximo mês. 

Enquanto isso, bora falar da Xepa dessa semana, que também tá relativamente cheia e equilibrada entre capopes e jotapopes. Por causa da minha semana cheia (o semestre tá acabando, né), não consegui dar uma bisbilhotada em quase nada, talvez minha reação no post seja a minha primeira reação mesmo. O que será que temos de aproveitável aqui?

Purple Kiss – Find You

Desde quando eu vi o anúncio disso no Twitter umas semanas atrás, eu fiquei tentando entender se era um CF do Purple Kiss pra essa tal de Lulupop, ou se era mais um grupo de realidade virtual prestes a lançar uma música assombrosa com o Purple Kiss servindo os vocais… Se vocês souberem, me avisem nos comentários. Mas deixando isso de lado, a música é bem bonitinha, e o MV é bem produzido pra um CF. Se eu lembrar de ouvir isso aqui de novo, vai ser bom pra passar o tempo.

Joy – Je T’aime

Como vocês sabem, amanhã a Joy vai aparecer com seu álbum de covers. A title parece ser bem legal, mas essa Je T’aime aí… Sem condições. Ainda bem que é só um pré-release.

Weeekly – 7 Day Tension

O comeback do Weeekly em março não foi exatamente um estouro, mas fez um barulhinho a ponto das gatinhas conseguirem um CF com a franquia de óticas Davich. 7 Day Tension não tem nada demais não, mas o conceito é fofo e combina com as meninas. Bom que o Weeekly esteja chamando certa atenção, assim o Apink não precisa mais fazer aegyo na vida.

woo!ah! – Purple

Purple ia ganhar um post solo (eu até arrumei o melhor título da minha trajetória de blogueira até agora pra divulgar), mas esse dia foi tão merda pra mim que eu acabei engavetando. E assim, eu não desgosto dessa música, elas quererem juntar o meu azul com o vermelho delas pra fazer um “roxinho” bem gostosinho me diverte, só acho que o refrão é muito vanguardista pro meu gosto. Só saí desse dilema de ter ou não gostado depois que ouvi as b-sides (Pandora é muito melhor, ouçam lá). Ainda assim, parece que o woo!ah! ganhou um boost na produção dos MVs né? Não sei qual o nível de importância da Coreia com elas, mas é visível que a qualidade cresceu do debut pra cá. Fico feliz!

The Volunteers – Let me go!

Gente, então. A Baek Yerin decidiu juntar três homens e sair pela estrada formando uma banda que fede a rock inglês. Essa é a minha descrição pra The Volunteers e Let me go!, que me lembra muito Sonic Youth (que não é da Inglaterra) e My Blood Valentine, mas assim, eu jamais imaginei viver pra ver alguém que tem *certo* holofote na Coreia do Sul aprontar uma dessa. E o resultado não tá ruim! Eu só não sabia que ela tocava guitarra mesmo. 

FEMM – Private Dance

Esperava Tina Turner e recebeu FEMM. As manequins andam lançando tanta coisa ultimamente que eu só fico feliz de não terem usado o mesmo cenário pela vigésima vez, mas Private Dancer é promissora. Acho que vou ouvir mais algumas vezes durante a semana pra ver o que eu achei de verdade.

ANGERME – Hakkiri Shiyou ze/Oyogenai Mermaid/Aisare Route A or B?

Eu não conheço muita coisa do ANGERME não, então como elas lançaram três singles promocionais de uma vez, vou comentar rapidinho sobre cada um. Hakkiri Shizou ze parece ser o MV com o maior orçamento dos três, e é um cover da banda STARDUST REVUE. Elas fizeram um bom trabalho na reinterpretação, quase como DOWN TOWN do Juice=Juice no mês passado.

Oyogenai Mermaid é a irmã feia da família. A música tem uma mixagem péssima e o MV é horrivelmente editado. Vocês podem pular isso aqui a vontade.

Aisare Route A or B? tem um instrumental maravilhoso de cabaré francês, mas eu queria que o MV não tivesse cenas tão desconexas. Se elas servissem as pernocas no estúdio em preto e branco durante a música inteira, já tava de bom tamanho. 

ASP – A Song of Punk

Vocês lembram do novo grupo que a WACK anunciou, o super familiar Anal Sex Penis? Então, elas debutaram e eu acho muito engraçado o grupo com esse nome cantando com a maior dramaticidade do mundo. Além disso, a empresa delas começou a vender uns merchans com o nome ANTi SOCiETY PUNKS. Será que o nome vai mudar? Enfim, A Song of Punk ainda não tem a participação da Yuki Kashiwagi e a música é bem qualquer coisa. Coloquei só pela risada mesmo.

Acompanhe o AYO GG nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Curious Cat | Instagram

Se você gosta muito do AYO GG e quiser transferir uns trocados pelo Pix, utilize a chave rafaellasolla@hotmail.com.

Autor: Rafa

26 anos, de São Paulo e ativa nessa vida de pop asiático há mais tempo do que eu gostaria.

Nenhum pensamento

  1. Justamente a música que vc detestou do ANGERME foi a que eu mais gostei do triple A-side. Parece até uma produção do Sweetune, tamanho é o sabor retrô dela, tanto que eu consigo até imaginar o KARA cantando a delícia, e ainda tem o plus dos figurinos delas estarem lindos (amei os tons de azul e roxo). E além do mais, se não tiver algum elemento tosco no MV (nesse caso, os efeitos), não é J-pop, então tá perdoado, kkkkkkk

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s