Depois de construir todo um universo distópico e cyberpunk, Kalen Anzai é só mais uma j-basic em Kimi to Boku no Uta

Ainda bem que tiveram dois lançamentos dignos de nota hoje pra movimentar o blog, já que a semana em si tá só pela hora do sono (literalmente). E se DubChaeng vieram pra alegrar minha volta ao trabalho, a Kalen Anzai chegou pra me botar pra dormir com essa tal de Kimi to Boku no Uta que eu já devo ter ouvido na boca de outras 50 cantoras médias do Japão. 

Só pra fins de informação, a Kalen Anzai é a Ayumi Hamasaki cibernética criada pela avex com o propósito de substituir a véia quando ela perder 100% da audição, mas mais do que isso, eu gosto do trabalho dela ter uma imagem de ficção científica super apelativa pra todos os fãs de Ghost in the Shell se contorcerem, de ódio ou de amores pela plasticidade distópica que ela oferece. Ou ofereceu, pelo menos até hoje.

Abaixo, você pode ver o PV:

Ok, vamos admitir que Kimi to Boku no Uta é esse baladão de final de anime específico pra te botar pra chorar com uma j-diva botando o vozeirão pra jogo, e a Kalen, apesar de não ser exatamente uma j-diva (eu acho que ela tá mais pra uma Ashnikko japonesa, tirando o fato de não ser tão desbocada quanto), faz isso muito bem ao longo de quatro minutos e pouco. Percebi que a voz dela deu uma mudada, talvez pelo fato de ser tão comparada a Ayu (ainda mais que ela representou a Ayu no dorama de 2020 da TV Asahi) tenha sua porcentagem nisso. Não acho ruim, a voz dela chega a me irritar menos que a da própria Ayumi. 

Mas eu não sei se eu esperava uma música dramática e introspectiva vinda da Kalen Anzai, sabe? Acho a discografia dela um mimo, sendo que ela debutou com um house safado que nem a SM poderia entregar com tanto primor em 2015/2016, só que Kimi to Boku no Uta deu uma esfriada nas coisas. Pode ser que seja pra combinar com a estação, mas logo o Japão entra na primavera, então acho que esse lançamento pode ficar meio deslocado entre os outros números dela.

Esperava que ela superasse a grandiosidade de FAKE NEWS REVOLUTION? Jamais, essa música é um marco pra todos nós brasileiros que vivemos numa era onde nosso presidente é uma tia do zap mandando desinformações sobre vacina e política em plena pandemia, mas pra quem ficou revisitando tudo que leva o nome da Kalen Anzai na noite passada esperando algo que gritasse “genial!” (aquele tipo de música que não é o que se espera em um teaser), eu fiquei meio borocoxô. O bom é que foi a minha primeira decepção com a Kalen, dá pra relevar o bebezinho. É só ela me trazer um synthpop gostoso na próxima que tá tudo bem. 

Autor: Rafa

26 anos, de São Paulo e ativa nessa vida de pop asiático há mais tempo do que eu gostaria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s